Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331187
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Quando a ciência vira notícia : uma análise sociológica da divulgação do 4o relatório do IPCC pela imprensa brasileira
Title Alternative: When science becomes news : a sociological analysis of the dissemination of the 4th IPCC report by the brazilian press
Author: Bacchiegga, Fábio, 1980-
Advisor: Ferreira, Lúcia da Costa, 1955-
Abstract: Resumo: Na esfera dos experts, o Painel Internacional sobre Mudanças Climáticas (IPCC) apresenta-se como o espaço de discussão mais representativo do tema e seus relatórios estão entre os mais debatidos. Dentre todos os relatórios de atividades lançados pelo Painel, considera-se o 4º Relatório de Atividade (2007) como um dos mais contundentes por afirmar, com alto grau de confiabilidade, a importância da ação antrópica nas dinâmicas que promovem a alteração do clima planetário e que estas transformações apresentam-se como algo "inequívoco". Polêmicas à parte, o fato é que os relatórios do IPCC tornaram-se referências na arena das mudanças climáticas porém, como um produto tecnocientífico, encontra-se distantes do entendimento e acesso do "grande público". Nesse aspecto, a mídia surge como elemento central para promover a divulgação da discussão científica para a sociedade em geral. Compreendendo a ação midiática dentro da perspectiva da "amplificação social do risco", esta pode tornar-se um instrumento que promove a percepção e difusão do risco. Assim, novas questões se apresentam ao debate, tais como de quais formas a mídia se apropria do conteúdo altamente técnico, como o relatório científico do IPCC, e o apresenta para a comunidade? Como a ciência transforma-se em produto jornalístico? Qual o olhar jornalístico sobre a produção dos laboratórios? Desse modo, a partir das relações existentes entre três atores da chamada "arena das mudanças climáticas" - a ciência (IPCC), os meios de comunicação e o consumidor da notícia - propõe-se o uso epistemológico da Análise de Conteúdo para verificar-se como o 4º relatório do IPCC (AR4) foi apresentado no jornal de maior circulação do Brasil (Folha de São Paulo) durante os anos de 2006 e 2007 e como um tradicional programa de televisão (Fantástico), através do uso dos dados do AR4, apresentou esta temática durante o ano de 2009 na série Vozes do Clima, visando gerar um debate sobre os modos como a discussão tecnocientífica da mudança climática é assimilada pela mídia e transformada em produto de informação para o consumo da sociedade

Abstract: In the sphere of experts, the International Panel on Climate Change (IPCC) is the most representative discussion space on the topic and its reports are among the most debated. Among all the activity reports released by the Panel, the 4th Activity Report (2007) is considered one of the most compelling to affirm, with a high degree of reliability, the importance of anthropic action in the dynamics that promote the change of planetary climate and that these transformations appear as something "unequivocal". Polemics aside, the fact is that the IPCC reports have become references in the climate change arena however, as a techno-scientific product, it is far from the understanding and access of the "general public". In this regard, the media appears as a central element to promote the dissemination of scientific discussion to society in general. Understanding media action from the perspective of "social amplification of risk", it can become an instrument that promotes the perception and diffusion of the risk. So new questions are being presented to the debate, such as in what ways does the media appropriate highly technical content, such as the IPCC scientific report, and presents it to the community? How does science becomes a journalistic product? What is the journalistic look at the laboratories¿ production? Hence, from the relations between three actors of the so-called "climate change arena" - the science (IPCC), the media and the consumer of the news - the epistemological usage of the Content Analysis is proposed to be verified as the 4th IPCC report (AR4) was presented in the newspaper with the largest circulation in Brazil (Folha de São Paulo) during the years 2006 and 2007 and as a traditional television program (Fantástico) through the usage of AR4 data, presented this theme during 2009 in the series Vozes do Clima, aiming to generate a debate regarding the ways in which the techno-scientific discussion of climate change is assimilated by the media and transformed into information product for the consumption of society
Subject: Sociologia ambiental
Sociologia da comunicação
Análise de conteúdo (Comunicação)
Mudanças climáticas
Percepção do risco - Aspectos sociais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BACCHIEGGA, Fábio. Quando a ciência vira notícia: uma análise sociológica da divulgação do 4o relatório do IPCC pela imprensa brasileira. 2018. 1 recurso online (235 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331187>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bacchiegga_Fabio_D .pdf2.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.