Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331508
Tipo: TESE DIGITAL
Nível: Mestrado
Título: Saber médico e reformismo ilustrado : Antônio Nunes Ribeiro Sanches e as políticas de saúde pública em Portugal (1750-1792)
Título(s) alternativo(s): Medical knowledge and enlightened reform : Antônio Nunes Ribeiro Sanches and public health policies in Portugal (1750-1792)
Autor(es): Liepkaln, Julie Hamacher, 1992-
Orientador: Algranti, Leila Mezan, 1953-
Abstract: Resumo: Esta dissertação propõe-se a estudar a articulação entre a ciência médica e o poder político em Portugal nos períodos pombalino e mariano através da análise das obras de Antônio Nunes Ribeiro Sanches, médico português responsável pela formulação de diversas medidas sanitárias. Partindo da trajetória e produção bibliográfica de Sanches, buscaremos como suas propostas, mais especificamente aquelas voltadas para o ensino médico e para a saúde pública, impulsionaram medidas concretas destinadas à salvaguarda da saúde da população, Neste sentido, a Intendência Geral da Polícia é uma instituição pertinente à nossa pesquisa, posto que esteve incumbida da execução de políticas de saúde pública. Para tanto, perscrutaremos o cenário ilustrado ¿ contexto de produção das obras de Sanches ¿, atentando-nos tanto aos debates em torno de ideias, tais quais liberdade, progresso e felicidade, bem como às mudanças operadas no campo científico. Ao passo que os documentos pessoais do médico português e as cartas trocadas com seus interlocutores trazem valiosas informações sobre todo um discurso reformista em elaboração, os decretos e as portarias da Intendência, por sua vez, são primordiais para ponderarmos sobre uma série de medidas voltadas à manutenção da saúde da população. Ao relacionarmos as propostas de Sanches com os esforços de sanitarização implementados pela Intendência, pretendemos compreender como a salvaguarda da saúde pública conjugava questões de ordem científica ¿ a consolidação do saber médico enquanto ciência ¿ e de ordem política ¿ o fortalecimento do poderio da monarquia portuguesa

Abstract: This work aims to study the relationship between medical science and political power in Portugal during Pombal and Marian periods through the analysis of the works of Antônio Nunes Ribeiro Sanches, a Portuguese physician responsible for the formulation of several sanitary measures. Based on Sanches' bibliographic trajectory and production, we will seek how his proposals, specifically those aimed at medical education and public health, have promoted concrete measures directed to the safeguarding of the population's health. In this sense, the "Intendência Geral da Polícia" is a relevant institution to our research, since it was responsible for the implementation of public health policies. Therefore, we will inquire into the enlightened context, looking at the scientific sociability and at the discussions about the potential uses of scientific knowledge. The personal documents of the Portuguese physician and letters exchanged with his interlocutors bring valuable information about his reformist speech. Also, we intend to analyze the decrees and ordinances of the "Intendência Geral da Polícia", that are essential to think about the several measures aimed at health maintenance. In order to do so, we will look at the illustrated scenario - the context of production of Sanches' works -, focusing on debates about ideals such as freedom, progress and happiness, as well as changes in the scientific field. While the personal documents of the Portuguese physician and the letters exchanged with his interlocutors bring valuable information about an entire reformist discourse in the making, the decrees and ordinances of the Intendance, in turn, are fundamental to consider a series of measures aimed at the health of the population. Articulating Sanches' proposals with the implemented efforts of the "Intendência Geral da Polícia", we aim to understand how the protection of public health associated questions of scientific order - the consolidation of medical knowledge as a science ¿ and political order ¿ the power strengthening of the Portuguese monarchy
Palavras-chave: Sanches, António Nunes Ribeiro, 1699-1783
Iluminismo
Medicina - História - Séc. XVIII
Saude publica - Portugal
Intelectuais - Portugal
Portugal - História
Idioma: Português
Editor: [s.n.]
Data do documento: 2017
Aparece nas coleções:IFCH - Tese e Dissertação

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Liepkaln_JulieHamacher_M.pdf1.94 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.