Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332890
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação do uso de diferentes agentes desinfetantes em esgoto sanitário tratado
Title Alternative: Evaluation of the use of different disinfectant agents in sanitary sewage treated
Author: Silva, Noely Bochi, 1985-
Advisor: Tonetti, Adriano Luiz, 1973-
Abstract: Resumo: O lançamento de efluentes domésticos "in natura", ou tratados inadequadamente é uma das principais fontes pontuais de contaminação em ambientes aquáticos e propagação de doenças de veiculação hídrica. Atualmente, tratamentos convencionais e alternativos vêm sendo analisados quanto ao seu potencial de inativação de microrganismos, como também, aos efeitos adversos que podem acarretar ao ambiente. Nesta pesquisa foram avaliados os pós-tratamentos com agentes desinfetantes: hipoclorito de cálcio, ácido peracético e UV-LED utilizados para a inibição de microrganismos patogênicos presentes em efluentes sanitários e os possíveis impactos toxicológicos a organismos-teste. Foram realizados ensaios em diversas concentrações e tempos de exposição com o efluente originário da Estação de Tratamento de Efluentes do distrito de Barão Geraldo, Campinas (SP), ensaios de toxicidade com Aliivibrio fischeri e Impatiens balsamina L. e, posteriormente, a avaliação da alteração da comunidade microbiológica pelo uso do efluente pós-tratamento no solo. Os resultados obtidos indicam que todos os pós-tratamentos foram eficientes na inibição dos microrganismos E. coli e S. aureus presentes no efluente, porém, o ácido peracético causou alta toxicidade aos organismos-teste, seguido do hipoclorito de cálcio. A radiação proveniente de UV-LED além de não ter ocasionado efeitos toxicológicos, não alterou os atributos microbiológicos e químicos do solo na variabilidade dos grupos funcionais de microrganismos, sendo, a indicada como forma de pós-tratamento para este efluente, sob essas condições analisadas

Abstract: The release of "in natura" or inadequately treated domestic sewage is one of the main point sources of contamination in aquatic environments and the propagation of waterborne diseases. Currently, conventional and alternative treatments have been analyzed for their potential inactivation of microorganisms, as well as the adverse effects that can lead to the environment. In this research the post-treatments with calcium hypochlorite, peracetic acid and UV-LED were used to inhibit pathogenic microorganisms present in sanitary sewage and the possible toxicological impacts to test organisms. Several experiments were carried out at various concentrations and exposure times with the sewage from the Effluent Treatment Station of the district of Barão Geraldo, Campinas (SP), toxicity tests with Aliivibrio fischeri and Impatiens balsamina L., and the evaluation of the microbiological community by the use of post-treatment sewage in the soil. The results indicated that all treatments were efficient in inhibiting the E. coli and S. aureus microorganisms present in the sewage; however, peracetic acid caused high toxicity to the test organisms, followed by calcium hypochlorite. The radiation from UV-LED, besides not causing toxicological effects, did not alter the microbiological and chemical attributes of the soil in the variability of the functional groups of microorganisms, being, indicated as a form of post-treatment for this sewage under these analyzed conditions
Subject: Toxicidade
Ácido peracético
Hipoclorito de sódio
Raios ultravioleta
Radiação ultravioleta
Radiação solar
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Noely Bochi. Avaliação do uso de diferentes agentes desinfetantes em esgoto sanitário tratado. 2018. 1 recurso online (289 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_NoelyBochi_D.pdf4.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.