Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/346144
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Fachadas sazonalmente adaptáveis : potencial de melhoria de desempenho termo-energético de edifícios residenciais
Title Alternative: Seasonally adaptive facades : potential for thermal performance improvement of residential buildings
Author: Arantes, Beatriz, 1985-
Advisor: Labaki, Lucila Chebel, 1943-
Abstract: Resumo: Melhorias no design, concepção e construção de fachadas desempenham importante papel nos recentes esforços que visam preencher a lacuna da prática atual em direção ao cumprimento das metas de conservação de energia. Fachadas adaptáveis ao clima podem melhorar o desempenho térmico do edifício por meio da modificação de suas propriedades em resposta às condições de contorno ambiental dinâmico. Este trabalho apresenta os resultados de estudo sobre o potencial de melhoria de desempenho termoenergético pelo uso de fachadas sazonalmente adaptáveis ao clima para edifícios residenciais em climas subtropicais úmidos, sem sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado. A pesquisa foi baseada em extensos resultados de simulação de desempenho de edifícios para adaptação sazonal de elementos de vidro e opacos, bem como o percentual de abertura na fachada e esquemas de ventilação. O número de horas de desconforto, de acordo com o modelo adaptativo, foi utilizado como métrica de desempenho. O modelo de caso base, definido com base em um edifício residencial típico no sul do Brasil, tem entre 1500 e 2200 horas de desconforto por ano (ou seja, 17 a 25% das horas do ano, ou uma média de 4 a 6 horas por dia) . Os resultados indicam que fachadas com uma adaptação por ano (inverno x verão) têm o potencial de reduzir este desconforto a valores marginais, independente do esquema de ventilação adotado

Abstract: Improvements in design, conception and construction of facades play an important role in recent efforts toward meeting energy conservation goals. Climate adaptive building shells can improve building thermal performance by modification of properties in response the dynamic environmental boundary conditions. This reserach reports the outcomes of an investigation on the potential performance improvement by the used of climate adaptive building shells for residential buildings in humid subtropical climates with no heating, ventilation and air conditioning systems. The research was based on extensive building energy simulation results for seasonal adaptation of glazing and opaque elements, as well as window-to-wall ratio and ventilation schemes. The number of discomfort hours, according to the adaptive model, was used as performance metric. The base case model, defined based on a typical residential building in southern Brazil, has between 1500 and 2200 hours of discomfort per year (i.e. 17 to 25% of the hours of the year, or an average of 4 to 6 hours per day). Results indicate that facades with one adaptation per year (winter x summer) have the potential to reduce this discomfort to marginal values, independent of the ventilation scheme adopted
Subject: Fachadas (Arquitetura)
Edificios - Desempenho
Conforto térmico
Simulação computacional
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ARANTES, Beatriz. Fachadas sazonalmente adaptáveis: potencial de melhoria de desempenho termo-energético de edifícios residenciais. 2019. 1 recurso online (101 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Arantes_Beatriz_D.pdf2.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.