Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/347075
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Influence of leaf habit and growth rate of canopy trees on the development of seedling in the understorey : Influência do hábito foliar e da taxa de crescimento de árvores do dossel sobre o desenvolvimento de mudas no sub-bosque
Title Alternative: Influência do hábito foliar e da taxa de crescimento de árvores do dossel sobre o desenvolvimento de mudas no sub-bosque
Author: Podadera, Diego Sotto, 1984-
Advisor: Santos, Flavio Antonio Maës dos, 1958-
Abstract: Resumo: Potencialmente todos os organismos podem influenciar direta e indiretamente na dinâmica e no funcionamento do ecossistema, alterando as condições físicas do ambiente ou interagindo diretamente com outros organismos da comunidade. Considerando a dominância em termos de biomassa e da posição dentro da estrutura vertical da comunidade, a importância dos indivíduos arbóreos do dossel é central para a dinâmica de ecossistemas florestais. O estudo da influência de espécies do dossel e seus traços, em plantios puros, é importante para o entendimento do seu efeito sobre a dinâmica da comunidade e consequentemente para a construção de estratégias de manejo e conservação. O objetivo deste trabalho é verificar como as espécies estudadas e os seus traços funcionais influenciam o ambiente físico e o desenvolvimento de mudas no sub-bosque. Foram analisados plantios puros de 9 espécies nativas que apresentam diferentes combinações de atributos funcionais considerados nesse estudo (hábito foliar e ritmo de crescimento). Os plantios foram implantados entre os anos de 1982 e 1990 em Luís Antônio-SP, Brasil. Em 2016 implantamos 27 parcelas, 3 parcelas sob o dossel de cada uma das espécies estabelecidas em plantios puros. Plantamos no sub-bosque de cada parcela 45 mudas de 9 espécies (5 de cada uma das mesmas espécies estabelecias nos plantios puros), totalizando 1215 mudas. Avaliamos a área basal e a taxa de crescimento das árvores do dossel, a abertura do dossel, a umidade e o potencial da água no solo, a mortalidade e o crescimento inicial de mudas plantadas, para verificar se as condições do meio físico e o desenvolvimento das espécies plantadas variam em função dos atributos funcionais das espécies do dossel. Relacionamos o hábito foliar, a disponibilidade de recursos e o crescimento das mudas com uma rede causal, utilizando modelos de equações estruturais. Verificamos que variações no hábito foliar das árvores do dossel (duração, intensidade e época de desfolha) podem alterar a disponibilidade de luz e água com magnitude suficiente para influenciar o crescimento de mudas no sub-bosque. Investigamos os efeitos da espécie de muda, da presença de árvore coespecífica no dossel e da distância filogenética entre a muda e a árvore do dossel, da área basal e taxa de crescimento das árvores do dossel e da disponibilidade de água, luz e nutrientes do solo, sobre a sobrevivência das mudas transplantadas, comparando modelos de tempo de vida acelerados. O déficit hídrico, o dossel mais fechado e altas taxas de crescimento das árvores afetaram negativamente a sobrevivência das mudas. Nossos resultados evidenciam a importância do hábito foliar e do ritmo de crescimento das árvores do dossel em importantes processos, como a sobrevivência e crescimento de mudas, os quais estão diretamente relacionados com a dinâmica florestal. Ainda que ambos os efeitos bióticos e abióticos sejam relevantes, o efeito negativo da presença de árvores coespecíficas no dossel destacou-se entre todos os filtros ambientais testados

Abstract: Potentially, all organisms can affect, directly or indirectly, the ecosystem dynamics and functioning, changing the abiotic conditions or interacting with other organisms. Considering the dominance in terms of biomass and the vertical position on community structure, the importance of canopy tree individuals is central for the forest ecosystem dynamics. Thus, studying the influence of canopy trees species and their functional traits, in monospecific stands, is important to understand their effect on the community dynamics, and consequently for developing management and conservations strategies. Therefore, we aim to verify how the studied species, as well as their functional attributes, affect the abiotic environment and the development of saplings transplanted into the understorey. We assessed monospecific stands of 9 native species ranging widely in the functional traits assessed (leaf habit and tree growth ratio). The stands were established between 1982 and 1990 in Luís Antônio-SP, Brazil. In 2016 we set up 27 plots, 3 under each of the 9 trees species established in monospecific stands. We transplanted 45 saplings, 5 of each from the same 9 species into each plot, yielding to 1215 saplings. We assessed basal area and growth ratio of the canopy trees, humidity and water potential in the soil, survival and initial growth of saplings to determine if the environmental conditions and the development of transplanted saplings vary as a function of the functional traits of the canopy trees. We linked leaf habit (timing of the leafless period, deciduousness intensity and deciduousness duration), resource availability, and sapling growth in a causal network using piecewise structural equation modelling (SEM). We found that the variations on the different leaf habit features can affect both soil water and light availability and sapling growth through the changes they promote on light and water availability. We investigate the effect of sapling species, presence of the conspecific trees in the canopy, phylogenetic distance between sapling and canopy tree, canopy tree basal area and growth ratio, and light and soil water availability, comparing accelerated failure time models. Water deficit, closer canopies, and faster growth trees negatively affect sapling survival. This study demonstrates the importance of leaf habit and growth ratio of canopy trees on important processes, such as survival and growth of saplings, which are directly related to the forest dynamic. Even though both biotic and abiotic processes are relevant, the negative effect of the presence of conspecific tress in the canopy stood out amongst the environmental filters tested
Subject: Clareiras de dossel
Interações ecológicas
Floresta estacional semidecidua
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: PODADERA, Diego Sotto. Influence of leaf habit and growth rate of canopy trees on the development of seedling in the understorey: Influência do hábito foliar e da taxa de crescimento de árvores do dossel sobre o desenvolvimento de mudas no sub-bosque. 2020. 1 recurso online ( 155 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Podadera_DiegoSotto_D.pdf6.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.