Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/349801
Type: Artigo
Title: Redes e polos: um olhar sobre a infraestrutura territorial no estado de São Paulo na primeira república
Title Alternative: Networks and poles: a view of the territorial infrastructures in the state of São Paulo during the first republic
Author: Bernardini, Sidney Piochi
Abstract: A constituição de uma rede urbana em São Paulo, com origem no período colonial a partir da fundação de algumas vilas e cidades, consolidou-se já na Primeira República com o desenvolvimento da economia agroexportadora do café e o estabelecimento de uma rede de infraestrutura territorial que promoveu maior articulação entre as diversas localidades do Estado de São Paulo. A análise sobre a estruturação do território paulista observada pela literatura que tratou da formação dos primeiros núcleos urbanos e da dinâmica promovida pela base econômica do café aponta para uma posição de centralidade da vila de São Paulo, condicionante para o seu desenvolvimento posterior. Com a atuação da Secretaria de Agricultura, Comércio e Obras Públicas, criada em 1892 pelo governo estadual republicano, um conjunto de políticas territoriais foi implementado, estabelecendo-se algumas bases para a configuração da rede urbana paulista atual, contribuindo, de um lado, para uma posição de maior centralidade de alguns polos (São Paulo, Santos e Campinas) e, de outro, para a criação de uma rede de cidades nas frentes expansionistas do oeste paulista
metadata.dc.description.abstractalternative: The constitution of an urban network in São Paulo, with its origins in the colonial period with the establishment of a few colonial villages and towns, became consolidated in the First Brazilian Republic. The development of the coffee export business and the establishment of a territorial infrastructure network promoted greater articulation between the many locations in the state. The analysis on the territorial structuring of São Paulo observed in the literature that deals with the development of the first urban settlements and the dynamics of the coffee business suggests the central position of colonial São Paulo town. The Secretaria de Agricultura, Comercio e Obras Públicas, established in 1892 by the state republican government, developed a set of territorial policies. These policies established a new development platform for the present urban network in São Paulo and contributed, on one hand, to the greater centrality position of some centers (São Paulo, Santos and Campinas) and, on the other, to the expansion of the network of cities to the western area of the state
Subject: Urbanização
Cidades e vilas
Country: Brasil
Editor: Pontificia Universidade Catolica de Campinas - Faculdade de Arquitectura e Urbanismo
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.24220/2318-0919v12n2a2491
Address: http://periodicos.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/oculum/article/view/2491
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FEC - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.